Reprodução: Internet

O presidente do sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro, Sebastião José, afirmou após a realização de uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), nesta terça-feira (2/02), que três os corredores do BRT (Transcarioca, Transoeste, e Transolímpica) não sofrerão paralizações até a próxima segunda-feira (8/02), data na qual acontecerá a assembleia do setor.

Sebastião José disse ainda que se as propostas apresentadas pela categoria forem rejeitadas e houver uma nova paralisação, a população será comunicada, conforme determina a legislação.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) propôs, durante a audiência, a realização de uma outra assembleia para que os trabalhadores considerem a alternativa de criação do rodízio na escala durante 30 dias.  Durante esse período, sindicato e empresa devem ser reunir para elaborar um acordo coletivo, com regras específicas para os funcionários do BRT, sem que haja perdas de conquistas em outras normas coletivas.

Durante a elaboração do acordo, funcionários não poderão ser demitidos sem justa e os trabalhadores não farão paralisações. O Sindicato dos Rodoviários realizará uma assembleia com os membros da categoria para deliberar sobre a proposta e encaminhar a decisão para o BRT Rio.

BRT anunciou sem dinheiro

No último sábado (30/01), o BRT comunicou através de nota que não teria recursos para realizar o pagamento da segunda parte do salário de janeiro, e também para a compra de insumos necessários à operação, como combustível, por exemplo.

No BRT atuam cerca de 450 motoristas. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Sebastião José afirmou que já havia informado à direção do BRT sobre a possibilidade de paralisação devido ao rodízio imposto aos funcionários. O agravamento da situação ocorreu quando a empresa revelou aos funcionários que eles não receberiam o pagamento do mês.

Sistema BRT parado

Os três corredores do BRT Rio ficaram paralisados nesta segunda-feira (1/02). Alguns motoristas impediram a saída dos ônibus das garagens em protesto contra a perspectiva de atraso de salários. O representante dos motoristas de BRT, Ademir Francisco, disse que a paralisação ocorreu por conta da decisão da empresa de afastar motoristas por 10 dias sem remuneração. A cada 7 dias, 50 funcionários ficariam em casa sem receber, segundo Ademir.

Às 6h30 de segunda-feira, o Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção, que é o terceiro nível em uma escala de cinco, por conta da paralisação. Isso significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade.

10 COMENTÁRIOS

  1. Aqueles que se acham eapertos,pegando BRT de graça,estão colaborando para o fim de um sistema MUITO mais eficiente do quê o ônibus convencional.Além da prefeitura,incompetente em manter as pistas em boas condições de rodagem,o que reduz os custos de manutenção,e,claro,o inútil e corrupto governo estadual,que não oferece segurança.Todos são culpados.

  2. Vai ter greve de novo, pq,como temos que conta com o brt até segunda então é pq vai ter greve… Alguém sabe de alguma coisa.. prefeito Eduardo Paes vc fez um vídeo falando da comunidade de Vila paciência que se votar-se em vc,vc iria reabrir as estações tres pontes, Cesarão 12e3 e até agora nada nem uma explicação vc nos deu..

  3. Crivella recuperou 6 milhões de contratos irregulares (prática comum nos governos de Eduardo Pães, Cabral e os antecessores) e investiu na reforma de estações e ainda faltava mais 5 milhões. Se ele tivesse sido reeleito o próximo alvo de combate a essa patifaria nos transportes seria o BRT. O preço da corrupção foi em 4 anos não ser possível arrumar a baderna que ficou na casa do município do RJ, que tinha que está com tornozeleira era o tio Dudu fanfarrão que por mais um pouco não coloca Carnaval com pandemia pra acabar de estourar os índices de infectados e mortos. Mas o fim dele vai chegar e o povo de Zé Pilantra que apreciem com moderação.

  4. O transporte no Rio nunca foi bom! Já deu pro gasto!Mas,nunca foi bom!Uma corrupção só e a população sempre sofrendo!Queria ver se o prefeito e o governador fossem obrigados a a andar de ônibus…!!!Talvez aí melhoraria!Enfim,seja o Crivella ou seja o Paes,o amor ao dinheiro continua!E aí,sofrimento e dor sempre serão as consequências!

  5. Um reflexo do BRT falido é a falta de consciência dos utilizadores. Grande parte das estações não tem controle de acesso, ou seja, é um serviço quase “gratuito” para a pessoa de má-fé.

    Aí fica difícil sustentar mesmo.

  6. O Crivella acabou com o BRT e os ônibus tradicionais. Acabou com a fiscalização do transporte irregular. Fechou várias empresas de ônibus.
    E agora?

  7. GENTE QUE ISSO??O EDUARDO PAES SÓ TEM UM MÊS NA PREFEITURA,O FALECIDO CRIVELLA FICOU 4 ANOS,DISSE QUE IA FAZER,ACONTECER E NADA FEZ,NEM A AV BRASIL PELO MENOS, QUE É UMA VIA OFICIAL DO RIO DE JANEIRO,FEZ IGUALMENTE O LULA, SÓ ROUBOU,O EDUARDO PAES PODE TER ROUBADO TAMBÉM, MAIS NOS DOIS MANDATOS DELE,FEZ MUITA COISA,E AINDA DEIXOU DINHEIRO PRA ESSE INFELIZ DO CRIVELLA GOVERNAR POR DOIS ANOS, NÃO SEI ONDE ELE GASTOU O DINHEIRO, DIZER QUE O EDUARDO PAES NÃO DEIXOU DINHEIRO…. ISSO NÃO, DEIXOU DINHEIRO, TANTO DEIXOU QUE ANTES DELE PASSAR O CARGO,EMPRESTOU DINHEIRO PRA O GOVERNADOR PEZÃO PAGAR OS FUNCIONÁRIOS DO ESTADO… FALA SÉRIO…. UM MÊS NO COMANDO DA PREFEITURA, SÓ FAZENDO MILAGRES,MAS NÃO DOU MUITO TEMPO, VAI TUDO VOLTAR AO NORMAL….

  8. Contar c BRT até segunda? Esse lixo vive dando problemas e hoje não foi diferente, embarquei no Pingo d’água em um alimentador ( onibus normal) q o sistema colocou pra rodar no lugar do articulado pra suprir ( não sei o q) a necessidade do momento e aquela porcaria teve um princípio de incêndio no motor, esquentou a ponto de queimar uma passageira q alertou as pessoas gritando e a fumaça tomou conta de dentro e fora do transporte, aquilo causou um tumulto generalizado e o desespero foi grande a ponto de quebrarem as janelas pra sair às duas únicas portas travaram. Uma senhora se machucou gravemente e a sorte foi q anjos tbm conhecidos por bombeiros passavam ali no exato momento e c extintores controlaram rapidamente a situação por baixo do veículo mesmo. Aí me vem dizer q podemos contar c esse lixo ? Só se for pra morrer queimado ou de tétano e bem lembrado, tétano sim, semana passada cortei o calcanhar num expresso da morte Alvorada em um ferro enferrujado solto na porta, neste momento ainda manco ao andar por conta do ferimento causado por essa estrutura péssima chamada BRT

  9. Como podem ter feito um contrato destes em 2010 no começo da implantação do BRT.

    A bilheteria não pode ser vista por ninguém.

    Nem pelo prefeito o outra pessoa.

    O Paes fez este contrato em 2010 e o Crivella errou de não ter levado este contrato para justiça.

    O governador pode ver a bilheteria da supervia e do metrô.

    Isto é VERGONHOSO para o Eduardo Paes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui