Imagem meramentre ilustrativa - Foto: Reprodução/TV Globo

Entre 12 e 18 de setembro, o estado do Rio de Janeiro registrou o menor número de internações em unidades de terapia intensiva (UTIs) da rede SUS por Síndrome Respiratória Aguda Grave desde desde que a pandemia foi decretada, em março do ano passado. A informação foi divulgada pelo Poder Executivo fluminense na última terça-feira (28/09).

Segundo um levantamento da Secretaria Estadual de Saúde, 460 pessoas foram hospitalizadas no referido período. Cerca de 1 mês antes disso, isto é, entre 08 e 14 de agosto, essa quantidade correspondia a 1.187 internados, ou seja, uma diminuição de 61% em setembro.

”Estamos vendo uma redução no número de casos graves e internações e isso está certamente ligado ao avanço da vacinação em todo o estado. Temos uma distribuição de vacinas eficiente e isso facilita o trabalho das Secretarias Municipais. É importante que a população entenda a necessidade da segunda dose e da dose de reforço dos idosos”, diz o secretário de Saúde do RJ, Alexandre Chieppe.

Para o Governo do Estado, a queda na quantidade de pessoas hospitalizadas tem total relação com o avanço da vacinação em solo fluminense. Vale ressaltar que a taxa de ocupação da rede SUS, que abrange unidades federais, estaduais e municipais, está atualmente em 26,5% para enfermaria e 49,6% em UTI.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui