RJ terá centro de testagem de varíola dos macacos

Um dos locais considerados para a abertura do centro de testagens é o Maracanã

CC0 Domínio público - PX HERE

O Rio de Janeiro ganhará um centro de testagem da varíola dos macacos. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o polo deverá ser implantado ainda esta semana. O Maracanã é um dos locais considerados. Até esta terça-feira, às 13h45, o painel da secretaria registrava 366 casos confirmados no estado.

O Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ é responsável pelos testes de varíola dos macacos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Lá, são feitos cerca de 200 diagnósticos por dia, e a taxa de positividade está em 40%. A informação foi divulgada pelo portal de notícias “g1”.

A Superintendência Municipal de Vigilância em Saúde afirma que monitora os casos e mantém as equipes das unidades de saúde informadas e orientadas. Em caso de suspeita da doença, a pessoa deve procurar uma clínica ou uma UPA perto de casa.

O Ministério da Saúde afirmou que os exames são realizados de acordo com o número de notificações. Disse ainda que, até o momento, 8.850 exames foram feitos e que oito laboratórios fazem as análises em todo o país.

Importante ressaltar que, embora a doença tenha sido identificada pela primeira vez em macacos, o surto atual não tem relação com esses animais.

No geral, a varíola dos macacos pode ser transmitida pelo contato com gotículas exaladas por alguém infectado (humano ou animal) ou pelo contato com as lesões na pele causadas pela doença ou por materiais contaminados, como roupas e lençóis, informa o Butantan. Uma medida para evitar a exposição ao vírus é a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui