Barão Vermelho é uma das principais bandas cariocas de todos os tempos

Neste sábado, 13/07, comemora-se o Dia Mundial do Rock. O gênero musical, presente em todo o globo terrestre (que os terraplanistas não se ofendam), tem seu lugar cativo no Rio de Janeiro.

Nos anos 1960, antes da Jovem Guarda estourar como movimento e programa de TV na Record de São Paulo, a situação já se agitava no Rio de Janeiro, no bairro da Tijuca, com Roberto, Erasmo e companhia.

Na década seguinte, a onda psicodélica. Embora tenha vindo de muitas partes do Brasil, sempre havia uma passada pela Cidade Maravilhosa. Vide Mutantes, Secos e Molhados, até a Tropicália entra na roda.

Anos 1980 foi uma explosão de bandas de Rock em todo o país. Brasília é considerada o berço. Mas o chamado “Rock de bermuda” carioca tem suma importância para o movimento. Há quem defenda que os anos 1980 começaram em meados dos anos 1970, mais precisamente em 1976, no evento promovido por Nelson Motta, que teve como atrações Raul Seixas, Rita Lee, Made in Brazil, Vímana (Ritchie, Lobão e Lulu Santos), O Terço e Angela Ro Ro.

Em 1990 foi o momento das misturas. Aqui no Rio, destaque para Planet Hemp, que juntou samba, hip hop e o bom e velho rock n roll. O Rappa, com toda a sua inventividade e Los Hermanos, na esquina entre Rock e Mpb também merecem referência. Isso sem contar o underground, presente em todas as décadas cariocas roqueiras.

Já nos anos 2000, surgiram as bandas de “Pop Punk”, “Emocore”. Talvez a Forfun seja a mais famosa das cariocas dessa geração. Raphael Fernandes, jornalista aqui do Diário do Rio, fã, aprova.

Capítulo (parágrafo) à parte para o Rock in Rio. Criado em 1985, o festival trouxe – e continua trazendo – alguns dos principais artistas do mundo para o Rio de Janeiro.

Uma banda carioca chamada Moptop cantava uma música chamada “O Rock acabou”. Obviamente isso não aconteceu. O Rock no Rio está como a cidade no momento: não vive sua melhor fase, mas uma hora vai melhorar. Esperamos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui