Rock in Rio 2022 traz mais uma novidade: O musical, original, ‘Uirapuru’

Espetáculo musical criado por Roberto Medina em parceria com Zé Ricardo terá direção artística de Charles Möeller e Claudio Botelho

Foto: Reprodução

Um novo projeto tomará conta de uma das arenas olímpicas, na Cidade do Rock, durante o Rock in Rio 2022. O espaço ocupado pelo musical argentino “Fuerza Bruta” na edição passada, agora dará lugar a uma produção inédita e totalmente concebida e produzida pelo time criativo do Rock in Rio — um “Originals Rock in Rio”. Com criação de Roberto Medina e direção musical de Zé Ricardo, o Rock in Rio dá vida ao espetáculo Uirapuru, um musical de 25 minutos que tem produção de Charles Möeller e Claudio Botelho.

Em o “Uirapuru”, o público pode aguardar muita tecnologia e sonoplastia similar aos musicais da Broadway para abraçar a mágica lenda de um pássaro. Uma história que fala de amor e de felicidade a partir de um jovem guerreiro que se apaixona pela filha de um cacique. Mas, como se trata de um amor proibido, eles não podem se casar e ele se transforma em um pássaro para que possa cantar e acompanhar os passos de sua amada. Um conto que leva e inspira o bem por onde passa.

Para a construção deste espetáculo, Roberto Medina não economizou na produção e terá uma cachoeira artificial de 40 metros de extensão e cerca de 200 mil litros de água, reutilizável, utilizados por hora. E para dar vida a este musical, o diretor Zé Ricardo compôs uma trilha sonora especial. A “Sou Uirapuru” foi gravada pela orquestra de Heliópolis, de São Paulo, e contou com nada menos que 70 músicos regidos pelo maestro Edilson Ventureli.

Zé Ricardo disse que é emocionante ver mais um filho nascendo no Rock in Rio, e que cada detalhe do musical foi pensado e será sentido pelo público. “Assim como a Disney traz trilhas sonoras em suas atrações, compus uma trilha especialmente para este musical. Será especial porque ela emociona e impacta diretamente não só aos ouvidos, mas também ao coração de quem ouve”, completou Ricardo.

Para Medina, o Uirapuru chega para quebrar os paradigmas e reforça que o Rock in Rio não é apenas música, mas também leva experiências variadas para o público. “Vamos muito além, somos procurados pelas experiências que as pessoas buscam viver. Os shows estão ali, a música está ali, mas oferecemos mais. E o Uirapuru é uma prova disso”, afirma Medina, lembrando que cada um poderá neste espetáculo mentalizar seus desejos: “eles se realizarão!!”, garante.

E o criador finaliza: “estou cada vez mais entusiasmado em criar projetos proprietários que possam povoar nosso Rock in Rio e estamos mais do que preparados para isso, com times internos dedicados a planejar, conceber e executar todas as nossas experiências e os nossos “Originals”, sejam eles presenciais, digitais ou audiovisuais. E é desta soma de talentos que nasce o Uirapuru, em um momento emblemático e necessário, em que queremos e desejamos paz para nós mesmos e para o mundo.”, diz Medina.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui