ROck in RIoDe acordo com a organização do Rock in Rio 2013 o evento teve impacto positivo de R$ 1 bilhão na economia do Rio de Janeiro. Só a ocupação do quartos de hotel ficou, na média, em 90%, quem foi no aeroporto no dia seguinte aos eventos pode ver que ainda tinha mais gente que isso, na manhã, após o show do Metallica, havia pessoas dormindo pelo Galeão.

Já na parte interna do Rock in Rio os números também são gigantescos foram 530 mil litros de cerveja, 420 mil garrafas de água, 210 mil copos de refrigerante, 9,7 toneladas de batata, 130 mil pães de queijo, 48 mil pizzas, 29 mil cachorros quentes e 280 mil hambúrgueres. Fazendo uma conta simples do quanto rendeu a venda de algum dos produtos, o refrigerante estava a R$ 6, ou seja, só em refrigerante foram mais de R$ 1.260.00! A água que custa R$ 4 pode ter rendido R$ 1.680.000! Não é de admirar que tenha chegado a R$ 1 bilhão o impacto na cidade.

Na web, o Rock in Rio chegou a mais de 10,256 milhões de seguidores nas redes sociais, um crescimento de 704 mil fãs durante os dias do festival, superando outros grandes eventos do mundo. O site oficial obteve cerca de 4,5 milhões de visitas e cerca de 9,2 milhões de visualizações de páginas. Os principais países que acessaram o site, além do Brasil, foram Estados Unidos, Portugal, México e Chile.

Para o Rock in Rio 2015 já foram vendidos mais de 10 mil Rock in Rio Card. Com taxa de adesão de R$ 95, o Rock in Rio Club dá benefícios como 20% de desconto na compra de produtos na loja oficial do Rock in Rio; pré-venda garantida para o festival de 2015.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui