A novela do deputado federal Rodrigo Maia no DEM deve acabar. Ele ameaça deixar o partido desde que foi traído pelo presidente da legenda, ACM Neto. De acordo com Guilherme Amado da Revista Época, o ex-presidente da Câmara já escolheu um cantinho para chamar de seu: o PSD. Nessas histórias da política, o Partido Social Democrático foi fundado por uma ala descontente do Democratas, liderada por Gilberto Kassab, quando Maia era presidente e quase acabou com o partido. Eles queriam aderir ao governo PT, agora Maia sai do DEM que quer aderir ao governo Bolsonaro, mas o PSD já faz parte do governo… vai entender.

Junto com Maia vai um dos Democratas mais importantes hoje no país, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, além do deputado federal Pedro Paulo e até mesmo Marcelo Calero, hoje no Cidadania. Na Câmara dos Vereadores que vai acontecer algo curioso, além do pai de Rodrigo, Cesar Maia, deve ir para o PSD a atual secretária de Assistência Social, Laura Carneiro, que tem como um de seus principais adversários o youtuber, TikToker (e dos bons) Gabriel Monteiro que, inclusive, está com seu nome sendo investigado na Comissão de Ética. O outro vereador do partido é Rocal.

Outros vereadores podem seguir o mesmo caminho para o PSD pela ligação com os Maia, como é o caso do Professor Célio Luparelli, Átila A. Nunes e o presidente da Casa, Carlo Caiado. O vereador Jorge Felipe já tem seu neto no partido, o deputado estadual Jorge Felippe Neto, então também não seria inesperada a mudança. O partido tem outros 4 deputados na Alerj.

O grande cacique do PSD do Rio de Janeiro hoje é o deputado federal Hugo Leal, mas como ele pretende ir para o TCU, não deve ser grande entrave. Outro nome na Câmara é Flordelis, acusada pelo assassinato de seu marido, além de Pedro Augusto. E ainda contavam com o Senador Portinho, suplente de Arolde de Oliveira que faleceu de Covid-19 em 2020. Portinho, que já foi do PSD, hoje está no PL. Nestas histórias da política, Arolde pegou a vaga que era esperada para… Cesar Maia.

Quanto ao tempo de Tv, fundo eleitoral, o grupo de Maia e Paes vai para a 4ª maior bancada eleita em 2018, elegeram 6 deputados federais a mais que o DEM.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

4 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui