Nenhuma obra afiançou um futuro tão brilhante para os desfiles das Escolas de Samba do Rio de Janeiro como aquela da construção do Sambódromo em 1984, dotando os desfiles cinqüentenários com o seu local definitivo e revolucionando a própria dinâmica da festa – vale a pena lembrar que de 1933 a 1983 as agremiações desfilavam apenas um dia e erravam pelas ruas e praças do Centro da Cidade.Tal qual o Maracanã, houve pessoas que duvidaram da existência de tantos sambistas assim dispostos a prestigiar esta festa – o leitor deve ainda atentar para o fato de que apenas o Setor 06 é maior do que todas aquelas estruturas tubulares reunidas, definitivamente o Sambódromo foi uma obra para o futuro... Contrariando as desconfianças do passado, hoje a busca por ingressos é enorme e estes se esgotam em poucas horas.

Desde a inauguração do Sambódromo o Carnaval Carioca passou por mudanças vertiginosas que vão desde a explosão no número de componentes até o uso de alegorias que incorporam um alto grau de tecnologia.Em um próximo “post” vamos discutir o futuro dos desfiles e do Sambódromo no Carnaval Carioca.


Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui