Sara: Musical “Um Broto Legal” sobre primeira cantora de rock nacional está em cartaz nos cinemas brasileiros

Dirigido por Luiz Alberto Pereira, o filme conta a história dos irmãos Celly Campelo e Tony Campelo, pioneiros do rock no Brasil

De tempos em tempos um novo musical sobre artistas brasileiros chega aos cinemas. Dessa vez, os protagonistas são Celly Campelo e Tony Campelo, considerados pioneiros do rock nacional. O filme “Um Broto Legal” tem uma história simples, descomplicada e também completa sobre a breve carreira da adolescente. 

Celly Campelo conquistou as paradas de sucesso das rádios com a música “Estúpido Cupido” e passou a fazer shows pelo Brasil. Ao lado do irmão, participou de programas de TV e de rádio e vendeu muitos discos. Entretanto, quando estava no auge da carreira, decidiu terminar o trabalho para se casar e viver uma vida tranquila. 

O filme tem uma pegada musical bem legal, inclusive bastante tempo da narrativa é dedicada às músicas. O diretor Luiz Alberto Pereira explicou que as músicas foram todas regravadas na voz dos protagonistas Marianna Alexandre e Murilo Armacollo. Por ser um filme de outra época, a direção de arte e os figurinos chamam a atenção. É fácil se deslocar de 2022 e mergulhar no final dos anos 1950. Além também da fotografia que em tons de sépia traduz bem o “antigo”. 

De acordo com Luiz Alberto, o ator e cantor Tony Campello foi uma das principais fontes de informação para o processo criativo do filme. “Eu tinha pesquisas de jornais e revistas da época, entrevistas de rádio, TV, do rock. Mas conversei bastante com o Tony, que me passou várias dicas e informações sobre a vida deles, frases que eles falavam, gestos que faziam”, contou o diretor. 

Entre os objetivos do filme está contar a história de Celly Campelo e introduzir a história do rock nacional nos cinemas. Mas algo que também toca o coração do diretor é falar ao público jovem. “Quero que eles possam comparar épocas e ver o que foi aquela época e tirar lições para os dias de hoje, para as vivências, para a música, para a política”, reforçou.

“Um Broto Legal” está em cartaz em salas de cinema selecionadas pelo Brasil.

Jornalista, produtora e apresentadora do podcast cineaspectos. Como amante do cinema, ficou imersa em roteiros fantásticos, conheceu a beleza dos filmes de máfia e os incompreendidos dramas europeus. Sara adora desbravar a singularidade do cinema brasileiro, e acompanha de perto os principais festivais e mostras ao redor do mundo.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui