Foto: Reprodução

Cirurgias Plásticas Combinadas são as realizações de duas ou mais técnicas no mesmo tempo cirúrgico. Essa decisão deve ser tomada com muita cautela.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica não incentiva o médico a realizar várias cirurgias plásticas no mesmo paciente para atender seus ”desejos de beleza”, sem respeitar os limites e critérios médicos. Cirurgias demasiadamente longas na duração ou que fazem intervenções em uma área muito extensa do corpo podem colocar em risco a saúde do paciente.

As vantagem da combinação de técnicas no mesmo tempo cirúrgico são:

  • Diminuir custos da operação;
  • Diminuir tempo de internação;
  • Otimizar o período de recuperação do paciente;

No entanto, deve haver uma sintonia entre os procedimentos: as cirurgias devem ser similares e ter o mesmo objetivo. Veja abaixo alguns exemplos de Cirurgias Combinadas:

  • Abdominoplastia x Lipoaspiração;
  • Prótese de Mama x Lipoaspiração;
  • Prótese de Glúteo x Lipoenxertia Glútea;

Lembre-se de que, se mais de 1 procedimento for realizado, a recuperação poderá ser mais longa. Manter a qualidade do trabalho, conforto e segurança do paciente são requisitos fundamentais para evitar riscos de vida.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui