De acordo com a coluna de Lauro Jardim (Veja), o Rock in Rio ganhará um filme para a telona chamado “Se a Vida Começasse Agora“, não por acaso trecho do jingle do evento. Com o custo inicial estimado em R$ 5,9 milhões contará a história de encontros e desencontros de um casal que frequentou todas as edições do festival. E haja história, são 26 anos de Rock in Rio desde o primeiro em 1985, se passar pelos fora de nossa cidade então…

Só espero que não tenha aquele ar documentário, ou aquela coisa chata e repetitiva de casal parte asfalto/parte morro, que já deu. Tem que ser a cara do Rock in Rio, algo leve, alegre, bem carioca. Somando que graças a ele o Brasil se firmou como rota para os grandes shows internacionais.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui