Atualmente, o Brasil ocupa o 3º lugar no ranking internacional de produtos voltados ao mercado pet, ficando atrás apenas de Estados Unidos e China. Já o Rio de Janeiro conta com 6,5 mil pequenos negócios voltados para esse nicho e emprega diretamente 2,3 mil pessoas em todo o estado. Para atender essa demanda crescente, o Sebrae Rio lança o “Fortalecimento do Mercado Pet”, o primeiro projeto de transformação da instituição voltado para esse segmento. Oitenta empreendedores serão capacitados para reposicionarem a sua marca, potencializar vendas e orientados a construir novas estratégias de crescimento. As inscrições estão abertas pelo link e poderão ser feitas até o dia 26 de outubro.

“Com o distanciamento social, as famílias passaram a olhar com mais atenção para seus pets. O Brasil é o 3º lugar no ranking mundial com maior população total de animais de estimação. Apesar da crise em vários segmentos, o mercado pet cresceu 13,5% e movimentou R$ 40,8 bilhões no ano passado, segundo dados do Instituto Pet Brasil. Ao desenvolver esse projeto, a nossa ideia é permitir que o empresário tenha um maior controle do seu negócio e esteja atento às transformações do segmento”, pontua Louise Nogueira, analista de Comércio e Serviços Sebrae Rio.

Durante 12 meses, os empresários participarão de consultorias individuais e personalizadas, além de aulas coletivas. O programa vai focar em gestão empresarial, na jornada do consumidor, na fidelização de cliente e na experiência do consumo. O Sebrae Rio subsidiará 90% do curso, sendo que o empreendedor ficará responsável pelo pagamento de R$ 537,50, parcelado em até 12x sem juros no cartão de crédito.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui