Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (27/01), funcionários de uma Clínica da Família localizada na Zona Oeste do Rio informaram que doses da vacina de Oxford/AstraZeneca seriam descartadas devido à falta de público, já que cada frasco contém dez doses, mas a validade dura apenas seis horas após aberto. Após a denúncia, feita ao jornal O Dia, a Secretaria Municipal de Saúde determinou regras para a aplicação das doses que sobrarem.

A recomendação é que os frascos multidoses sejam abertos no início do dia, para dar tempo de não perder a propriedade farmacológica. Ao fim do dia, caso cheguem pessoas para receber a vacina, o indicado é que a unidade de saúde abra frascos de dose única, que é o caso da Coronavac, para evitar desperdício.

No caso desta quarta, poderiam ser perdidas até cinco doses por falta de público, pois apenas cinco profissionais de saúde tinham ido se vacinar no local. Entretanto, momentos antes de a unidade fechar, os enfermeiros foram até um abrigo próximo para vacinar funcionários do local e assim evitar o desperdício. A secretaria também fez essa recomendação para evitar o descarte.

Caso isso aconteça, os profissionais estão autorizados a aplicar essas vacinas em outras pessoas que necessitam, dentro da unidade ou na região. Mas a recomendação é que eles evitem que isso aconteça. Isso é uma exceção para não se perder dose, e para isso acontecer precisa estar devidamente documentado para que não seja motivo para as pessoas furarem a fila“, comentou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo.

2 COMENTÁRIOS

  1. E eu gostaria de saber como estava sendo decidido por uma ou outra vacina até então…
    E outra. Complementando o comentário acima. Tão mal planejado foi que, se quisessem, obteriam com apoio dos conselhos das classes profissionais da saúde – pois todo profissional está vinculado a um – dados para planejamento da distribuição das doses por região e os contatos para agendamento da vacina.

  2. Prefeitura determina regras(???) São uns picaretas(!!!) Incompetentes(!!) Crime administrativo (!!) falta de dever de cuidado, ineficiência…
    Veja que as vacinas foram enviadas (SEM CRITÉRIO ALGUM) a tudo que é Clínica…
    Deveriam se certificar quantos profissionais e quantos deles estão acima de 60 anos tem em cada clínica. A direção de cada uma tinha que agendar e vacinar um grupo em determinado horário.
    Eu tenho vergonha de ser brasileiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui