Foto: Divulgação Flamengo

O Flamengo protocolou à Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro a liberação de 10% de público no Maracanã. A pasta municipal afirmou que o pedido da Clube da Gávea está sendo analisado.

O Flamengo tinha o plano de receber o aval da Prefeitura até esta quinta-feira (15/07), para ter ter público na partida contra o Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Libertadores, na próxima quarta-feira, dia 21 de julho.

No entanto, O Flamengo conseguiu a transferência do jogo contra o Defensa y Justicia pela Libertadores para Brasília para ter público. O governo do Distrito Federal publicou um decreto autorizando torcida. A partida poderá receber até 15 mil pessoas, o que representa 25% da capacidade de público do Estádio Mané Garrincha.

A Conmebol tinha liberado a presença de público em partidas da Libertadores em medida anunciada no domingo. Havia a dependência de ter aprovação das autoridades locais. A CBF é contra essa volta de torcida neste momento: no Brasileiro, só vai permitir quando houver igualdade em todos os Estados.

No caso de realizar os jogos no Rio, o Flamengo, o clube utilizou como base o protocolo usado pela Conmebol na final da Copa América, que foi aprovado pela Prefeitura do Rio. Houve atualização e incremento de alguns pontos. A ideia é de que sejam permitidos torcedores já vacinados ou testados negativos em até 48 horas antes do jogo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui