Foto: Arquivo/ Prefeitura do Rio

Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, dia 27/01, a Secretaria Municipal de Educação (SME) afirmou que os professores da rede pública deverão ter prioridade na vacinação. O início desta etapa da vacinação deve acontecer a partir de fevereiro.

De acordo com o secretario municipal de saúde, Daniel Soranz, “Isso estará condicionado às vacinas que chegarem.” Além de professores, outros profissionais de educação, que trabalham diretamente nas escolas e ajudam a manter o ambiente escolar também serão imunizados, como merendeiras e inspetores.

No caso de profissionais idosos e os que tenham comorbidades, não será necessário aguardar a etapa de vacinação dos professores, já que os seus respectivos grupos serão imunizados antes. Alberto Chebabo, Comitê Científico da Prefeitura, afirma que “É importante entender que professores do grupo de risco serão vacinados com o resto da população da faixa etária”.

A SME já confirmou a volta às aulas da rede no dia 08/02. Nesta etapa, as aulas retornam apenas de forma remota. Já no dia 24/01, deve ocorre o retorno presencial, sendo este opcional em um primeiro momento.  Os professores só devem ministrar aulas aos alunos duas semanas depois. Os detalhes de como funcionará o ensino remoto foi apresentado pelo secretário municipal de educação, Renan Ferreirinha, em coletiva no Palácio da Cidade.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui