Respectivamente, Renan Ferreirinha e Daniel Soranz, secretários de Educação e de Saúde do Rio - Foto: Reprodução

Um reunião na tarde deste domingo (03) entre os secretários municipais de Educação e de Saúde do Rio de Janeiro, respectivamente Renan Ferreirinha e Daniel Soranz, definirá as medidas sanitárias que serão tomadas pela Prefeitura carioca para a retomadas das aulas presenciais na rede pública de ensino da capital fluminense.

A expectativa é que já nesta semana seja divulgado o calendário do ano-letivo de 2021, que, ao menos um primeiro momento, ainda contará com aulas on-line. A retomada 100% presencial só acontecerá depois de reuniões com especialistas de saúde, profissionais de educação e responsáveis por alunos. Elas devem acontecer ao longo de janeiro.

Em novembro de 2020, a Prefeitura do Rio, ainda comandada por Marcelo Crivella, retomou as aulas presenciais para o 9º ano do Ensino Fundamental, Programa de Ensino de Jovens e Adultos (Peja 2) e Carioca 2 (projeto de correção de fluxos). Na ocasião, o Poder Executivo Municipal definiu que cada instituição tomasse a decisão de retornar ou não com as atividades. A retomada, porém, acabou suspensa no início de dezembro, devido ao aumento no número de casos de Covid-19 na cidade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui