Secretário de Saúde diz que casos de gripe estão caindo ‘expressivamente’ no Rio

Soranz defende que, em 2022, a campanha de vacinação seja para toda população e não apenas aos grupos prioritários, como costuma ocorrer

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Nesta terça-feira (04/01), o secretário Municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou, em entrevista ao portal de notícias “G1”, que os casos de gripe vêm caindo “expressivamente” na cidade. Segundo ele, a queda já chega a 82% em relação à primeira semana de dezembro.

A declaração foi dada um dia após o fim da campanha de vacinação contra a gripe, encerrada nesta segunda. A campanha bateu recorde em relação à de 2020: “Batemos o recorde de vacinação para gripe. A gente conseguiu bloquear esse surto de gripe justamente porque o carioca aderiu à vacina. Foram 3 milhões de cariocas vacinados — 600 mil a mais do que o ano passado”, disse.

Soranz defende que, em 2022, a campanha seja ampliada a toda população e não apenas aos grupos prioritários, como costuma ocorrer no Brasil.

Em abril a gente começa uma nova campanha. Eu tenho defendido junto ao Ministério da Saúde que a campanha do próximo ano para gripe seja igual ao dos outros países, não somente para os grupos prioritários, mas para toda a população. Essa é uma avaliação que o Ministério da Saúde ainda está fazendo“, afirmou Soranz.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui