Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde do Rio - Foto: Estefan Radovicz/Agencia O Dia

Durante entrevista à ”Rádio Tupi” na manhã desta quarta-feira (17/03), o secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, abordou diversos assuntos relacionados à pandemia na capital fluminense.

Sobre a vacinação, retomada nesta quarta para o público de 76 anos e com cronograma divulgado até sábado (20/03), o secretário explicou o novo formato, agora dividido entre sexos.

”Estamos todos esperando pela chegada da vacina. Hoje [quarta] elas estão sendo retiradas do depósito central do estado do RJ, em Niterói. Amanhã [quinta], a gente já começa a vacinar o grupo de 75 anos. E temos uma novidade: como todos procuravam vacinar no mesmo dia e horário, a gente decidiu separar por sexo. Amanhã, serão as mulheres de 75 anos e, na sexta-feira [19/03], homens de 75 anos”, disse.

Paralelamente, Soranz falou também a respeito dos leitos no município do Rio. Segundo ele, a ocupação está em números preocupantes.

”A ocupação dos leitos é muito preocupante. A gente já tem mais de 90% de ocupação de leitos de UTI, e nos de enfermaria a gente tem em torno de 86%. A gente tem 1.100 pessoas internadas na cidade com Covid-19. É muita coisa. A gente precisa do apoio da população para evitar a disseminação da doença”, reforçou.

Por fim, Soranz falou sobre as medidas restritivas impostas na cidade, que podem acabar sendo ampliadas caso a população carioca siga não cumprindo o que for determinado:

”A gente reforça aqui o pedido para que as pessoas cumpram as medidas restritivas impostas pelo governo. Casos as pessoas continuem não cumprido, a gente vai ter que aumentar ainda mais as medidas restritivas.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui