Pessoas esperando na porta do centro de saúde de Copacabana | Foto: Fabio Rossi / Agência O Globo

Na manhã desta quarta-feira (03/01), o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, fez um apelo para que não haja uma corrida aos postos de saúde no fim do dia, na tentativa de garantir sobras da vacina contra a Covid-19, o que está sendo chamado de “xepa da vacina”. A informação é do jornal Extra.

Soranz reconheceu que podem haver sobras no fim de expediente. Entretanto, ele ressalta, nesses casos continuam existindo prioridades e a aplicação não se dá de forma indiscriminada. A prioridade, em caso de sobras, é aplicar em idosos que estejam acamados e que morem na região dos postos.

Os postos foram orientados a abrir os frascos da vacina Oxford/AstraZeneca (que vêm em dez doses) quando há demanda. Isso ocorre geralmente pela manhã. A CoronaVac vem em doses únicas, por isso em boa parte das unidades não há sobras no fim do dia“, afirmou.

O jornal O Globo mostrou que alguns grupos têm aguardado em postos de saúde, esperando pela “xepa da vacina”. Na tarde desta terça (02/02), por exemplo, 20 pessoas fizeram isso no Centro Municipal de Saúde João Barros Barreto, em Copacabana, na Zona Sul.

Apesar de haver uma fila, no fim do horário um funcionário anunciou que havia uma dose e perguntou quem era o mais velho. Uma mulher, que não quis divulgar seu nome, recebeu a dose do imunizante. O restante das pessoas se retiraram, decepcionadas.

Apesar de não haver irregularidade no comportamento, o movimento de aguardar pela “xepa” nos postos de saúde pode causar uma possível aglomeração, além de ser raro que quem esteja aguardando, de fato, consiga se vacinar. Isto porque os funcionários são orientados a só abrirem a embalagem do imunizante quando houver demanda, para evitar esse tipo de situação.

7 COMENTÁRIOS

  1. Sou médica, trabalhei 20 anos em um posto de saúde e acho um absurdo não poder ser vacinada, só pq trabalho atualmente só em consultório e na área administrativa do Samu.

  2. Até que enfim rsciocinaram e deixaram pra dar a dose única no horário de mmenor movimento afinal quem sai prejudicada somos nós mais jovens que demorará mais tempo pra ser vacinados por causa do desperdícios…..

    • ASSIM COMO ACONTECEU NA ZONA OESTE ( SE NÃO ME ENGANO NO RECREIO).
      VACINARAM ALGUNS PROFISSIONAIS DA SAÚDE E DEPOIS FORAM PARA UM ASILO E SÓ VACINARAM 6.
      O RESTANTE FOI DESCARTADO. UM ABSURDO.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui