Prédio do Ministério da Fazenda no Centro do Rio (Foto: Rodrigo Sondon)

Segundo informou a jornalista Berenice Seara, a sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) do Rio está de mudança provisória para o imponente edifício do Ministério da Fazenda, na Avenida Presidente Antônio Carlos, no Centro do Rio.

Atualmente, o Iphan está alojado, também de forma temporária, no Centro Comercial Cidade Nova, o Teleporto, custando aos cofres públicos algo em torno de R$ 200 mil mensais, de acordo com a colunista.

Com a mudança para o tombado prédio do Ministério da Fazenda, esse custo vai cair para algo em torno de R$ 20 mil, segundo cálculos do superintendente, Olav Schrader.

O Edifício Docas de Santos, localizado na Avenida Rio Branco e que abriga a instituição desde meados da década de 1980, está passando por obras de restauração, a maior reforma de seus 111 anos de história e prevista para durar 30 meses.

O projeto inclui a restauração da fachada, dos bens móveis integrados e de elementos artísticos. Além disso, serão promovidas reformas da cobertura, da rede elétrica e adaptações para tornar os ambientes acessíveis

O icônico imóvel já abrigou a sede da Companhia Brazileira de Immoveis e Construções, do engenheiro Antônio Eugênio Richard (o “Engenheiro Richard” da avenida so Grajaú), que também dirigiu a linha aérea Aeropostale o banco Credit Foncier du Brésil, que funcionaram no prédio do início dos anos 10 aos anos 40 do século passado.

Secretário de Planejamento Urbano pede para Paulo Guedes vender o prédio do Ministério da Fazenda, no Centro

Em postagem nas redes sociais na semana passada, o secretário de Planejamento Urbano do Rio, Washington Fajardo fez um apelo ao ministro da economia, Paulo Guedes, para que vendesse o prédio do Ministério da Fazenda.

O chefe da pasta fala em transformar o espaço, atualmente subutilizado, em um local de hospedagem.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Altair Alves

Altair Alves é jornalista, produtor e editor. Também é apresentador do programa esportivo Acréscimos. Morador do Andaraí, é apaixonado por música e futebol dos anos 90.

3 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui