Parte do Muro do 2º G-Mar parcialmente destruído na Barra da Tijuca / Foto: Gabriel Subtil

Mais de três meses após a ressaca que destruiu parte do muro e o heliponto da sede do 2º Grupamento Marítimo (G-Mar) dos Bombeiros, na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, o local segue sem os devidos reparos. Tudo isso a pouco mais de 1 mês para o início do verão na cidade do Rio.

Na ocasião, no último dia 3/08, a maré agitada e as fortes ondas derrubaram o muro que separava o G-Mar da praia. O heliponto foi arrastado, e pedaços de concreto se espalharam pela faixa de areia.

Heliponto do 2º Grupamento Marítimo na Barra da Tijuca / Foto: Gabriel Subitil

O Grupamento Marítimo é responsável por atuar na prevenção e nos salvamento aquático propriamente dito, com ênfase nas ocorrências em praias.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui