Todo mundo sabe o quanto o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, tem tentado se aproximar e aliar-se ao presidente da República, Jair Bolsonaro.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Essa “amizade”, entretanto, segundo informações da “Revista Época”, pertencente ao jornal “O Globo”, não foi suficiente – pelo menos até o momento – para o Ministério da Saúde e/ou o Ministério da Economia ajudarem financeiramente o município em relação à crise instaurada pela pandemia do Coronavírus.

Com esse “não-auxílio” por parte da esfera federal, a Prefeitura do Rio teme que a falta de dinheiro em caixa prejudique o funcionamento das unidades hospitalares na cidade e o tratamento a pacientes infectados seja afetado.

Vale lembrar que, na noite desta quarta-feira (08/04), Crivella publicou um decreto, em caráter emergencial, estabelecendo estado de calamidade pública no município.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui