Sem Carnaval de rua, Cordão da Bola Preta fará bailes em sua sede no Centro do Rio

O Cordão garantiu que todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19 serão rigorosamente cumpridos durante a realização dos eventos

Sem Carnaval de rua, em 2022, Cordão da Bola Preta fará bailes em sua sede, no centro do Rio / Reprodução

Com a anúncio do Prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), de que não haverá Carnaval de rua em 2022 por conta da pandemia, os blocos carnavalescos tentam se adequar à nova e inesperada realidade.

Mas nem todas as agremiações receberam a notícia de forma negativa. O Cordão da Bola Preta, por exemplo, já definiu que neste Carnaval haverá bailes em sua sede social, no Centro do Rio, durante os 5 dias de festejos do Momo, entre o fim de fevereiro e o início de março.

A atriz Paolla Oliveira foi Rainha do Cordão no Carnaval 2020 / Reprodução: Internet

O Bola é um bloco que nasceu para o carnaval e vive para o carnaval e por isso, encontrará alternativas para que seus fiéis foliões não fiquem sem brincar mais um ano”, adiantou o Cordão do Bola Preta à coluna do jornalista Ancelmo Góes, de O Globo. “Com isso, ficou decidido que vão acontecer bailes de carnaval na sede do Cordão durante os cinco dias de carnaval, de sexta a terça-feira“, acrescentou o Cordão da Bola Preta ao colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Fundado em 1918, o Cordão da Bola Preta é um dos blocos mais tradicionais e irreverentes da cidade do Rio de Janeiro. Por onde passa, o bloco costuma reunir multidões de foliões e fiéis seguidores. O último desfile do Bola ocorreu em 2020 e teve como tema: “Tradição, Paz, Amor e Folia”.

O Cordão garantiu que todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19 serão rigorosamente cumpridos na realizações dos seus bailes de Carnaval, para os quais também serão exigidos comprovante de vacinação e testes de Covid-19. A previsão é de cobrança de ingressos para entrada nos bailes.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. A exemplo do que aconte(u) com os cruzeiros,os participantes apresentem o passaporte, bem como todos os demais envolvidos e ao detectarem o bichinho, que todos fiquem de quarentena na sede do clube. Ainda, segundo o Procon, deverá o Cordão, assumir todos os custos com os participantes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui