Não é nenhuma novidade que os corações de fãs da Marvel aceleram quando a abertura do estúdio começa. A novidade que surpreende mesmo é o novo filme “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” que chega aos cinemas nesta quinta-feira (2) com muita aventura, humor e excelente elenco.

A nova fase da Marvel é bem clara: novos desafios para os grandes heróis dos diversos mundos que já conhecemos ou não, que não terminarão em apenas um filme. Shang-Chi é um jovem chinês criado pelo pai longe da sociedade e com treinamento intensivo de artes marciais. No momento em que ele recebe uma missão, passa a conhecer o restante do mundo e encontra muito mais motivos para não voltar para casa. Porém, o Shang-Chi se encontra em uma situação complicada e precisa retornar ao lar.

De todos os elogios que eu poderia fazer a essa obra prima, as cenas de luta estão no topo. Desde os primeiros minutos, podemos sentir a dança das artes marciais e a leveza nos golpes. Tudo é tão bem feito e milimetricamente calculado para envolver o público dentro daquela cena, que realmente é capaz de nos teletransportar àquele universo.

Por outro lado, temos a maestria de quem conduz essas danças. Os atores são fantásticos. Desde Simu Liu (Shang-Chi) e Awkwafina (Katy) que tem uma química incrível e se completam bastante ao contracenar, a Tony Leung Chiu-Wai e Fala Chen que nos papéis de pai e mãe de Shang-Chi mostram uma verdadeira entrega aos personagens.

O diretor Destin Dretton, que até o momento, não havia mostrado o talento para dirigir filmes de herói, já pode se consolidar como tal. Afinal de contas, não é todo mundo que tem o privilégio de dirigir o filme de retorno do estúdio queridinho dos nerds nos cinemas.

É importante traçar um paralelo entre “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” e “Pantera Negra”. As histórias têm traços parecidos, uma vez que o foco do enredo não está diretamente nas cidades, como funciona em grande parte nos filmes dos Vingadores. Isso também é positivo, já que um filme traz novos pontos de vista para o mundo de heróis e vilões.

“Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” está aprovadíssimo e cria grandes expectativas para os próximos lançamentos dos estúdios Marvel. Vale lembrar que essa é a opinião de uma jornalista que não leu as histórias em quadrinhos do herói. Assista a partir de 2 de setembro nos cinemas.

Jornalista, produtora e apresentadora do podcast cineaspectos. Como amante do cinema, ficou imersa em roteiros fantásticos, conheceu a beleza dos filmes de máfia e os incompreendidos dramas europeus. Sara adora desbravar a singularidade do cinema brasileiro, e acompanha de perto os principais festivais e mostras ao redor do mundo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui