Pelo jeito a atual Prefeitura do Rio gosta de gastar a mais com seus shows, primeiro foi o caso do Luan Santana que custou R$ 1,3 milhões e agora é o do Rei Roberto Carlos que custou aos cofres públicos R$ 6,422 milhões, incluído não só o cachê do músico, claro, mas também todo o “maravilhoso” esquema de trânsito e segurança.

Se o valor assusta, de primeira, assusta mais ainda se compararmos com um show do Rei feito em Fortaleza apenas 2 anos e meio atrás. O show que também foi gratuito, na praia e com o mesmo número divulgado de público, 500 mil, custou aos cofres da capital cearense R$ 1.891 milhões, sendo R$ 1.341 milhões com o cachê de Roberto Carlos e R$ 550 mil na estrutura. Esta notícia do Verdes Mares fala de todos os gastos.

 

Por que será que a cidade do Rio teve de gastar tanto então no show? Vá lá, o dobro daria quase para entender. Só que foram mais de 3 vezes o valor, sem contar que o show foi transmitido pela Globo, que vendeu suas cotar de patrocínio. Era para o show ter saído de graça para a cidade! Ou custado menos.

 

Vai entender…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui