Foto: Marcelo Theobald

O Mercadinho São José, que já foi um dos polos gastronômicos e culturais mais queridos e vivos até hoje na memória afetiva do carioca, poderá ser reaberto. Assim como a Cobal do Humaitá, o Governo do Estado manifestou o desejo de administrar o espaço, que pertence ao INSS e foi fechado há dois anos. A informação foi publicada pelo jornalista Ancelmo Gois.

Segundo a matéria, a secretária estadual de Cultura do Rio, Danielle Barros, garante que vai assumir o espaço até o fim do ano: “Os proprietários dos boxes serão chamados para repactuarmos os contratos”, diz.

Dono de uma rica e histórica trajetória no Rio, o prédio que abrigou o Mercadinho São José fica localizado numa antiga senzala e celeiro de uma fazenda, tanto que suas baias foram adaptadas para boxes.

Criado por Getúlio Vargas com a intenção de ser um mercado de hortifrutigranjeiros para abastecer a população com produtos mais baratos durante a guerra, o Mercadinho, mais tarde, abrigou bares e restaurantes, se tornado um dos points preferidos de cariocas e turistas.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui