Foto: Reprodução Internet

Neste sábado (24/10), o Sindicato dos Professores do Município do Rio (Sinpro-Rio) decidiu que irá suspender a greve a partir da próxima quarta-feira (28/10). A decisão aconteceu em assembleia virtual. O movimento foi iniciado contra o retorno das aulas presenciais nas unidades escolares.

A suspensão começa a valer na próxima quarta-feira, quando os profissionais entram em estado de greve de “alerta sanitário – vigilância pela vida”. De acordo com o Sinpro-Rio, o alerta sanitário é “em defesa da saúde física e psicológica do professor e da professora, e severa vigilância ao cumprimento dos protocolos sanitários e pedagógicos, feita pelo plantão remoto e com visita às escolas, intensificando a denúncia das irregularidades“.

Até o momento, apenas os alunos das escolas particulares, do terceiro ano do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) estão liberados para voltarem às escolas, porém a frequência dos alunos no retorno foi baixa. A retomada gradativa ainda provoca desentendimentos entre sindicatos, pais de alunos e gestores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui