Picciani Vou considerar que estes são os últimos dos principais candidatos a montar o site para a campanha, Crivella não parece estar se preocupando com isso, afinal, seus votos são cristalizados. Pois, Picciani e Lindberg lançaram a poucos dias seus sites oficiais de campanha.

O site de Jorge Picciani é bom, bem feito e traz algumas novidades. Mas me parece um site pré-redes sociais, é “muito 2004” que para internet é quase uma eternidade. Apesar de ter perfis nas principais redes sociais elas não soam natural como é para Cesar Maia ou Gabeira, por exemplo.

Como o de Cabral, o site de Picciani é institucional demais. O perfil no Twitter, por exemplo, é muito cheio, quase um feed do seu site com outras notas favoráveis, você não se sente interessado em ler. Ponto favorável é o mapinha com propostas do candidato e a própria página com elas.

Há também uma rede social, acho que na plataforma do WordPress, mas é horroroso e tem de ser mestre para entender que “Estamos Juntos” é para fazer parte dela. Falta também no site uma página de downloads.

lindberg O site do Lindberg é o pior possível, não bastasse ser igual ao de Roseana Sarney, tem aquilo que qualquer pessoa que trabalhe com novas mídias deveria saber: NUNCA ENTRE COM MUSIQUINHA! Sério! Se eu quiser escutar o jingle clico para escutar!

Tem uma parte para mobilizar mas a imagem parece feita no paint! Os downloads por exemplo são em .TIF e .PDF… parece que não querem que as pessoas façam download da marca.

Acho simplesmente que o site foi feito nas pressas… antes ele tivesse continuado com o site no Blogspot.

No Twitter ele apenas mantém tweets sobre a agenda.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui