Slackline pode fazer mal às árvores

O slackline, esporte lindo em que o equilíbrio é o objetivo, deve ser pensado em termos de equilíbrio ambiental. O que você acha de acelerar a morte da planta com essa prática? É por esse motivo que o Parque do Ibirapuera já estabeleceu que só poderá ser firmada a fita em alguns tocos. Mas, aqui no Rio, no Parque do Aterro do Flamengo, os coqueiros e outras espécies estão sendo amplamente utilizadas. Veja porque isso pode atrapalhar a vida das árvores:

A Fita “esgana” os troncos…

stam slack

Para dar a tração que mantém a fita esticada, o dispositivo aperta o tronco das árvores, dificultando processo de transferência da seiva pela planta.

…Pode causar pequenas “feridas”

slackline_divulgac

A Fricção da fita e suas travas, caso sistemática sobre um ponto do tronco, pode gerar aberturas e feridas que facilitam a entrada de fungos, insetos e bactérias, os chamados “decompositores da madeira”.

O impacto dos movimentos nas raízes

slack1_divulgacao eu vivo slack

No caso de plantas de solo arenoso e raízes sem muita profundidade, os movimentos de saltos e outros, em repetição, podem, segundo especialistas, danificarem a fixação das raízes no solo.

Soluções e reflexões

Bem, ainda não há estudos definitivos sobre este caso, portanto a recomendação é de que se utilize algum tipo de isolamento, papelão e outros em torno da fita, protegendo a planta ao máximo e escolhendo aquelas que são mais robustas e de tronco escuro, pois estas possuem, normalmente, uma resistência maior do que as de tronco claro. Às vezes, também é possível usar outras estruturas além de troncos.

A Cariúcha de 29 anos, chegou na Maravilhosa logo após terminar seu curso de Jornalismo na PUC do Rio Grande do Sul. Pós-Graduada em Tradução, é redatora web, professora de Yoga e terapeuta. Ama o Rio, sua beleza e, principalmente, as pessoas que aqui habitam.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui