SMS-Rio alerta para o aumento de doenças respiratórias em crianças com a chegada do inverno

A maioria das doenças respiratórias típicas do inverno é causada por vírus e é mais suscetível em crianças menores de dois anos por estarem com o sistema imunológico em desenvolvimento

Foto: Reprodução

Os casos de doenças respiratórias aumentam consideravelmente devido ao clima seco e frio, que favorece as infecções em crianças, tais como gripe, bronquiolite e pneumonia. Para auxiliar no tratamento dessas doenças, as unidades de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Rio) realizam os primeiros cuidados no atendimento aos casos, com acompanhamento da evolução do quadro.

A maioria das doenças respiratórias típicas do inverno é causada por vírus e é mais suscetível em crianças menores de dois anos.

A Dra. Fernanda Dias, pediatra e gerente da área técnica da Saúde da Criança e do Adolescente, da SMS-Rio, explica que as crianças ainda estão com o sistema imunológico em desenvolvimento e, portanto, são mais sensíveis a infecções respiratórias. Os sinais de alerta mais comuns são vômitos, sonolência, cansaço, irritabilidade, prostração, febre persistente e dificuldades para beber líquido ou mamar no peito e tomar os remédios receitados. Apresentando esses sintomas, o responsável deve procurar imediatamente uma clínica da família ou centro municipal de saúde. Após os primeiros cuidados, deve retornar com a criança para uma reavaliação ou se houver sinais de piora no quadro, além de utilizar os medicamentos prescritos de forma orientada”, esclareceu a médica.

Para prevenir essas infecções, é recomendado que as crianças evitem contato com pessoas resfriadas e locais com grandes aglomerações. Para as mamães lactantes, é importante o reforço no aleitamento materno da criança, seguindo uma alimentação saudável compatível com a idade. Como rotina, manter o acompanhamento pediátrico na unidade básica de saúde de referência, a partir da primeira semana de vida da criança, é fundamental. Caso necessário, as unidades de emergência estão disponíveis para a assistência de pacientes que apresentem sinais de gravidade.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui