26-08-2020 -Lançamento do Programa Cristo Presente. Fotos: Carlos Magno

O Rio de Janeiro está com um novo governador em exercício, Claudio Castro (PSC). É que o STJ decidiu pelo afastamento do governador Wilson Witzel (PSC) por irregularidades na Saúde. O afastamento vale por pelo menos 180 dias, indo até março de 2021. Mas não podemos esquecer que há um impeachment correndo contra o governador na Alerj. A operação que levou ao afastamento seria desdobramento da delação do ex-secretário de Saúde, Edmar Santos.

Na mesma operação a Polícia Federal prendeu o presidente do PSC, Pastor Everaldo, e o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico Lucas Tristão. Além disso a primeira dama, Helena Witzel, está sofrendo busca e apreensão no Palácio Laranjeiras e Palácio Guanabara, que teria recebido R$ 105 mil de empresa ligada ao empresário Mário Peixoto, que já estava preso.

Quem assume é o vice-governador Cláudio Castro, atualmente no PSC, mais informações de bastidores dizem que ele deve deixar o partido e pode ficar sem partido, ou ir para o PP ou o Democratas.

Não é a primeira vez que um governador do Rio de Janeiro é afastado durante o exercício, Luiz Fernando Pezão (MDB) foi afastado e preso em 2019, com o então vice Dornelles (PP) assumindo o governo. Vale lembrar que Witzel foi eleito com a promessa de limpeza e honestidade, reforçando em sua campanha a amizade de seu adversário Eduardo Paes (DEM) com os ex-governadores Sergio Cabral e Pezão.

13 COMENTÁRIOS

  1. […] Witzel está afastado do cargo por decisão judicial desde 28 de agosto e sem apoio político enfrenta processo de impeachment junto à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Ele é acusado de integrar um esquema de corrupção que desviou dinheiro da Saúde do Rio de Janeiro em plena pandemia do Coronavírus. […]

  2. Pode decisão monocrática afastar Governador de Estado (?) e o Presidente comemora…
    Mas quando a decisão monocrática é contra o Presidente, ele e sua caterva, incluindo o sanguinário ministro que comandou missão da ONU – que matou mulheres e crianças no Haiti – ameaçam de golpe?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui