Churrasco em trem do Ramal Belford Roxo da SuperVia
Churrasco em trem do Ramal Belford Roxo da SuperVia - Foto: Reprodução

Provavelmente, você já deve ter ouvido por aí que ”o Rio de Janeiro não é para amadores”. Pois bem, a famosa frase foi ”atualizada” com sucesso. Isso porque viralizou, nesta sexta-feira (17/09), um vídeo de um suposto churrasco sendo realizado dentro de um trem da SuperVia, mais precisamente do Ramal Belford Roxo.

Embora não haja confirmação de quando exatamente aconteceu, nas imagens é possível notar algumas pessoas usando máscara, o que dá a entender que a ”festa” é recente. Outras, porém, não utilizam o acessório, que é obrigatório a nível nacional em espaços públicos desde julho do ano passado.

Vale ressaltar que, no vídeo, as pessoas confraternizam ao som de ”A Cara do Crime”, hit do cantor MC Poze do Rodo, e bebem enquanto esperam a comida ser preparada. É possível também notar fumaça saindo da churrasqueira improvisada.

O DIÁRIO DO RIO entrou em contato com a SuperVia para comentar o assunto, mas, até o fechamento desta matéria, não obteve resposta. A reportagem será atualizada caso a concessionária queira se manifestar (conferir no final do texto).

Atualização – 17 de setembro de 2021 – 19h01

Por meio de nota oficial, a SuperVia se pronunciou sobre o ocorrido. Confira, na íntegra: ”A SuperVia repudia o comportamento registrado no vídeo, que causa transtornos e coloca em risco a vida dos passageiros, além de poder causar graves acidentes. Além disso, acender fogo dentro do vagão, ouvir música em volume ato, consumir bebidas alcoólicas e não usar máscaras de proteção são atos proibidos por lei. A concessionária teve acesso ao vídeo no dia 13/09 e comunicou a ocorrência ao GPFer (Grupamento de Polícia Ferroviária), responsável pela segurança pública ao longo da ferrovia. A SuperVia realiza, constantemente, campanhas de conscientização sobre a importância de que sejam cultivados bons hábitos dentro dos trens que garantam a boa convivência e de que as regras de segurança sejam respeitadas dentro de todo o sistema ferroviário. A colaboração da população é essencial para manter as viagens mais tranquilas.”

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto acharmos bonitinho, legal, cool este tipo de desordem urbana, o RJ não vai sair do buraco. Uma coisa destas dentro do trem em movimento, em caso de alguma ocorrência da operação pode multiplicar o risco de acidentes aos usuários dentro dos carros/vagões! Esse pessoal aí certamente não pensa nestes detalhes ao realizar essas loucuras, mas se algo acontecer, é o primeiro a culpar a concessionária.

    Pra sociedade funcionar, cada pessoa tem que limitar um pouco o seu querer, em prol do próximo: quando todos fazemos o que queremos em qualquer lugar em qualquer hora, vira zona!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui