Foto: Larissa Ventura/Diário do Rio

Praça XV, em frente ao Paço Imperial e ao lado do Arco do Telles. Quando passou por essa região, você pode até não ter notado a Tabacaria Africana, mas ela está lá, e não é de hoje. Fundada em 1846, o estabelecimento é um dos mais antigos comércios da cidade do Rio, com mais de 170 anos de existência.

O nome, Tabacaria Africana, veio por conta da matriz africana de um dos sócios, anos atrás. Na época, também eram vendidas peças religiosas. Apesar de não vender mais os artigos religiosos, mantendo o foco na venda de tabaco, o nome se manteve o mesmo por todo esse tempo.

Segundo um estudo do Sebrae em 2014, uma em cada 5 empresas desaparece em, no máximo, 2 anos após sua criação. Um dos atuais sócios, Isaac Almeida, conta que o segredo para manter o negócio por tanto tempo é o respeito aos clientes e a qualidade: inovar nos produtos, pedir feedbacks, sugestões e perguntar o que eles estão achando da loja para saber onde é possível melhorar.

O diferencial da tabacaria é poder cativar e fidelizar os clientes como amigos. Várias gerações diferentes vem aqui. Temos uma diversidade de pessoas, diversidade de classes sociais. E nós atendemos todos da mesma forma. Além disso, trabalhamos sempre com produtos de ponta, sempre inovando, trazendo produtos novos, saindo da mesmice”, explicou Isaac.

Pao-do-Ouvidor
Cada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço.

A loja, hoje administrada por Isaac Almeida e Gabriela Marinho, já recebeu diversas figuras históricas ao longo de seus anos de existência. E quanta história já não passou por aquelas mesas… Os proprietários contam que é emocionante pensar que o estabelecimento já fez e ainda faz parte da vida de tanta gente.

Eu me arrepio só de pensar que a gente está fazendo parte da história da Praça XV, da história de tanta gente. Tantas pessoas passaram neste local desde o tempo imperial até os dias de hoje. Eu me emociono quando alguém vem e lembra do pai, do avô, e a pessoa se emociona também”, relatou Isaac.

Gabriela afirma que é emocionante ver como a loja marcou a história de tantas pessoas, cujas famílias são clientes há gerações.

Meu avô trabalhou aqui até os 90 anos, então tem a questão familiar. Aí chegam clientes que lembram dele, vêm aqui desde jovens e hoje são idosos. E hoje trazem os filhos, os netos. É uma loja que faz parte da família das pessoas, a gente vê a história das famílias, isso é incrível“, contou Gabriela.

Durante a pandemia de Covid-19, o estabelecimento histórico enfrentou um grande desafio para sobreviver à crise. Isaac contou que, para superar a situação, a solução para a tabacaria – assim como para muitos estabelecimentos – foi o delivery. Ele contou que muitas pessoas, que já eram clientes fiéis, continuaram pedindo e que, por isso, a loja conseguiu sobreviver à pandemia.

Após mais essa superação, passando pela pandemia, fazendo parte da história mais uma vez e sobrevivendo à crise, a Tabacaria Africana continuará sendo cenário de muitas histórias na praça XV e no Centro do Rio de Janeiro.

Serviço:
Tabacaria Africana
Segunda à sexta, das 9h às 20h. Sábado, das 9h às 13h
Praça XV de Novembro, 38 – Centro
Telefone: (21) 2509-5333 / (21) 2221-3921



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui