Possuir um estacionamento prioritário atende a legislação. Torná-lo inclusivo demonstra responsabilidade social, comprometimento e, mais que nunca, demonstra o quanto o empresário ou instituição está em sintonia com as necessidades da sociedade. É por isso que eu tenho tido o prazer de reconhecer àqueles que têm abraçado a causa do autismo e se envolvido com ela, assim como eu.

Nas últimas semanas homenageei quatro shoppings (Park Shopping Campo Grande, VillageMall, BarraShopping e Ilha Plaza), com Moções de Aplausos, por terem incluído prontamente, nas placas dos estacionamentos, o laço colorido – símbolo mundial do autismo. Para mim, a iniciativa foi uma demonstração de respeito e empatia. O mundo precisa de pessoas assim. 

Continuarei lutando pela conscientização de toda a sociedade com relação às necessidades das pessoas com o transtorno do espectro e para que a nossa legislação se cumpra na vida de cada indivíduo.

Este é um artigo de Opinião e não reflete, necessariamente, a opinião do DIÁRIO DO RIO.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui