Foto: Camara dos Vereadores do Rio de Janeiro

Recentemente tive a oportunidade de ser apresentada a uma causa nobre que muitos desconhecem. O Transtorno de Ansiedade Infanto-juvenil chamado Mutismo Seletivo é um problema que acomete a primeira infância, por volta dos 3 anos, incapacitando a criança de se comunicar com algumas pessoas, conseguindo interagir somente com os pais em casa.

Através da psicóloga, neuropsicóloga e psicopedagoga Francilene Torraca, que tem uma atuação importante, apoiando ações que visam contribuir para a saúde mental da infância, conheci o Transtorno e percebi a necessidade de levar o problema ao conhecimento de todos, para que possamos dar a devida visibilidade, pensar em leis e formas de conscientizar a população sobre como diagnosticar, lidar e tratar o transtorno, tornando a vida escolar dessas crianças mais confortável.

De acordo com a especialista, o tratamento adequado, pode facilitar muito o desenvolvimento infantil. Contudo é necessário que os profissionais sigam alguns protocolos diferenciados que a maioria no Brasil não tem conhecimento abrangente.

Sendo assim, penso que proporcionar um trabalho direcionado, especializado, pode dar condições melhores para que os profissionais tenham acesso a um treinamento adequado. Apresentei, então, três projetos visando à capacitação dos profissionais de saúde, a divulgação do que é o Mutismo Seletivo e a inclusão da data (31/10) de conscientização no Calendário Oficial da Cidade.

Acredito, cada vez mais, na necessidade de levar todo tipo de transtorno ao conhecimento não só dos profissionais, mas também da sociedade civil para que todos aprendam a lidar com as diferenças.

O meu compromisso é com a sociedade carioca e muitos dependem da Rede Pública de Saúde. Por isso, continuo me empenhando por meio de ações, leis e programas, zelando e capacitando a funcionalidade pública.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Tania Bastos

vereadora do Rio de Janeiro (quarto mandato), pedagoga, moradora da Ilha do Governador. Trabalha em defesa dos autistas, das mulheres e da família. Ocupa o cargo de vice-presidente da Câmara Municipal do Rio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui