Foto: Via Trolebus

O vereador Tarcísio Motta (PSOL) entrou com nova petição no Ministério Público do Rio de Janeiro, no último dia 23/10, para que o Bilhete Único Universitário (BUU) seja restabelecido. Desta vez, o pedido foi acompanhado por documentos de universidades – UFRJ, Uerj e Unirio – que comprovam o retorno presencial das atividades dos estudantes.

Em audiência pública realizada no dia 19 de outubro, o secretário de Transportes, Paulo Jobim Filho, disse ao vereador que aceleraria esse processo e resolveria o problema, mas nada mudou até o momento, e estudantes que retomaram suas atividades de ensino e trabalhos de estágio curricular continuam com dificuldade para exercer suas funções.

Desde que a prefeitura começou a flexibilizar o isolamento social, o vereador cobra o restabelecimento do BUU. Em setembro, Motta fez a primeira petição ao Ministério Público, junto com o deputado estadual Flávio Serafini, para que medidas legais fossem tomadas contra a prefeitura, já que esse benefício é um direito. Seu mandato chegou a perguntar diretamente à prefeitura se pretende ressarcir os gastos com transportes desses alunos e quando o benefício será retomado. No entanto, não chegou resposta alguma.

“Continuaremos pressionando para que o Bilhete Único Universitário seja reativado. A prefeitura tem a obrigação de garantir os direitos ao transporte e ao ensino. Crivella não pode negar direitos aos estudantes”, diz o vereador.

4 COMENTÁRIOS

  1. Importantíssimo!!! Pra muitos de nós só é viável a permanência na faculdade com nosso direito ao transporte. Há diversas outras formas de combater as fraudes sem cortar os direitos de quem realmente precisa!

  2. Esse bilhete único universitário, assim como qualquer sistema de meia, gratuidade, é uma fraude ou uma extravagância, medida supérflua!
    Tais medidas deveria ser apenas para quem esteja em cadastros e programas assistenciais.
    Outro dia um argentino amigo meu me falou que ficou impressionado com o alcance dos programas daqui. Recursos que poderiam ser direcionados mais certeiramente aos que precisam.

    • daniel mt triste sua posição em relaçao a isso. Vc n sabe a humilhaçao que é para nós estudantes conseguirmos tirar o b.u universitário e para piorar, reduzirem nosso direito. Estudei a vida toda em colégio particular com bolsa, no ensino médio (2015-2017) meus pais se deram o direito de pagar o ensino integral p mim, com mt suor e afinco para eu conseguir entrar em uma boa universidade. Hoje, meu pai esta desde 2017 sem emprego fazendo bicos de eletricista e minha mae que era cuidadora perdeu o emprego esse ano (2021) por causa da pandemia. Você acha msm que ano que vem eu vou conseguir pagar a passagem p universidade? Você acha q o meu passado que constava com outro governo, outra realidade, sem crise, tem que definir quais ajudas ou não eu deveria ter do municipio? Complicado e egoista esse pensamento. Se vc nao gosta desses sistemas não use mas não reduza a necessidade dos outros em fraude.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui