Nelson Sargento, ícone do samba carioca e brasileiro - Foto: Gabriel Monteiro/Agência O Globo

O Terreirão do Samba passou oficialmente a se chamar Nelson Sargento, após o prefeito Eduardo Paes publicar um decreto no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (13/07), concretizando a homenagem.

A proposta de mudar o nome do tradicional espaço na Praça Onze partiu, inicialmente, de um Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Vereadores no dia 16 de junho. No entanto, Paes teve de vetar o projeto, sob alegação de ser inconstitucional. “Dar nome a um local público cabe ao Poder Executivo”, diz a publicação.

O projeto de lei vetado por Paes teve autoria de Tainá de Paula (PT), Dr. Carlos Eduardo (Pode), Cesar Maia (DEM), Renato Moura (Patriota), Reimont (PT), Dr. Marcos Paulo (PSOL), Lindbergh Farias (PT), Teresa Bergher (Cidadania), Veronica Costa (DEM), Paulo Pinheiro (PSOL), Rosa Fernandes (PSC), Tânia Bastos (Rep), Jones Moura (PSD), Marcio Ribeiro (Avante), Vitor Hugo (MDB), Dr. Rogerio Amorim (PSL), Luciano Medeiros (PL), Marcelo Arar (PTB), William Siri (PSOL), Monica Benicio (PSOL), Carlo Caiado (DEM), Celso Costa (Rep), Rocal (PSD) e Vera Lins (PP).

Cada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço.

Porém isso não impediu a homenagem. Paes elaborou um decreto e alterou o nome do local para Terreirão do Samba Nelson Sargento. No texto, o prefeito usou as seguintes considerações:

“Considerando a iniciativa da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, no sentido de homenagear Nelson Mattos, imortalizado como “Nelson Sargento”; Considerando a diversidade de talentos de Nelson Sargento, baluarte do admirável berço de músicos que é a Mangueira; Considerando que Nelson Sargento foi, com seus companheiros, a Voz do Morro; Considerando que o “Samba agoniza, mas não morre”; fica renomeado como Terreirão do Samba Nelson Sargento”.

Baluarte da Mangueira, Nelson Sargento foi um compositor, cantor, pesquisador da música popular brasileira, artista plástico, ator e escritor, falecido no dia 27 de maio, aos 96 anos

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui