Novo terreno onde será construído o terreiro | Foto: Divulgação

A Casa de Umbanda Xangô Agodô ficava localizada em Duque de Caxias, no bairro de Vila Rosário. Além do terreiro, lá também havia um projeto social, que oferecia diversas atividades gratuitas à população. Porém, em dezembro do ano passado, em um ato de intolerância religiosa, uma facção exigiu que o terreiro e o projeto fossem fechados, sem que eles pudessem tirar nada.

Por medo de retaliação, pois os responsáveis moram próximos ao local, eles ficaram muito tempo parados. Porém recentemente, decidiram recomeçar em um outro lugar. Eles encontraram um espaço em outro bairro, em São Bento, mas está sendo preciso começar do zero, já que eles não puderam levar nada do antigo terreiro.

O projeto social oferecia aulas de capoeira, musicalidade afro e arrecadava alimentos para doações. Além disso, neste ano, caso não tivesse sido interrompido, o projeto passaria a oferecer também alfabetização.

Para ter condições de reconstruir o terreiro, que está praticamente reiniciando do zero, os responsáveis estão recebendo doações através de uma vaquinha.

6 COMENTÁRIOS

  1. Sou moradora de duque de caxias, é minha tia mora em Vila Rosário onde é dominada por traficantes, acostumados a retirar moradores de um local quando eles precisam, é depois abandonam o local é vão para outro, o que aconteceu não foi intolerância religiosa como a matéria quer passa, foi apenas traficantes comentando crimes como sempre fazem e a população ficar refém deles. Matéria ridícula.

  2. Mais uma vez um ato de intolerância sendo usado para colocar na conta de cristãos. Em sua maioria esmagadora, os cristão não concordam com atos de violência, mas eles sempre recebem atos de violência da imprensa, quando esses atos de violência são associado aos cristãos

    Politicamente, sempre generalizam, mas bata pegar a quantidade de cristãos existem no Brasil e do relacionar com a quantidade de casos ( QUE SAO PRATICADOS POR QUEM SE DIZ CRISTÃO) para chegarmos a uma conclusão INQUESTIONÁVEl: NAO EXISTE INTOLERÂNCIA RELIGIOSA NO MUNDONL CRISTÃO PROTESTANTE.

    Os casos que existem sao casos isolados de pequenos grupos dissidentes, que não representam nem 1% do total de cristãos protestantes, no Brasil.

  3. Se foi evangélico que fez isso,ou alguma facção em nome de Cristo,esses tais não são cristao, porque o verdadeiro cristao tem q ser como Cristo manso

  4. “Ato de intolerância” segundo a matéria, na verdade, é ato criminoso, mais que um pichação ou vandalismo, como costuma nominar as intervenções legítimas de grupos atacados pelas elites.
    O caso, portanto, é de crime contra religião alheia, realizado, geralmente, por alguns fanáticos, não sei se cristãos do antigo testamento, alguns até chutam santos dos cristãos católicos – como certa vez correu o vídeo de pastor numa emissora… Nunca vi budista, jainista, espírita fazendo isso.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui