Um dos mais belos patrimônios da cidade do Rio de Janeiro, o Theatro Municipal não passa um bom momento. Funcionários se queixam de salários atrasados (em alguns casos de até quatro meses) e outras questões que estão incomodando os trabalhadores do Theatro.

Na manhã desta segunda-feira, 13/05, foi realizada uma audiência pública na Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para discutir o orçamento do Theatro Municipal do Rio. A audiência também abordou os custos gerais da área de cultura.

“Representantes da Fundação Theatro Municipal, um dos maiores símbolos da nossa cultura, entraram em contato com a comissão, demonstrando preocupação com o esvaziamento do Municipal em virtude da centralização de atividades de planejamento e gestão e da falta de autonomia, entre outras questões. Na audiência, os servidores apresentaram suas reivindicações, além de propostas”, declarou o deputado Eliomar Coelho (PSol), que preside a comissão.



Um funcionário do Theatro que preferiu não ter o nome divulgado disse que teme pelo futuro do espaço e das pessoas que dependem do Municipal para viver. Ele contou que o clima por lá é de muita apreensão.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui