Avenida Niemeyer passou por deslizamento de terra em maio deste ano - Foto: Reprodução/TV Globo

O Tribunal de Justiça do Rio decidiu nesta quarta-feira pela manutenção do fechamento da Avenida Niemeyer – que está fechada por ordem judicial há quase 7 meses. A decisão foi tomada pelos desembargadores da 13ª Câmara Cível. A prefeitura, contudo, afirma que as obras estão em fase de ‘desmobilização’.

“O problema da Niemeyer é só uma face do contexto do abandono de equipamentos públicos. Há no local um imenso canteiro de obras. O poder público, mesmo assim possui uma verdade própria, dissociada dos fatos quando insiste em negar os perigos existentes, sabendo que implementou somente metade das obras necessárias”, disse o desembargador Agostinho Teixeira, relator.

Ao Jornal Extra, a Prefeitura afirmou estar analisando a decisão para definir quais serão os próximos passos. Questionada sobre a atual fase das obras, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação informou que as intervenções estão em “fase de desmobilzação”.

Também ao jornal Extra, a Secretaria ainda afirmou que a cortina de concreto que seria construida no alto da encosta não será mais feita, pois “O projeto foi revisto e essa intervenção suprimida, já que não há necessidade por conta de todas as outras obras de contenção”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui