Foto: Lincoldn Menezes

O walking tour (passeio a pé), apresentado por Juliana Fiuza, através de sua empresa Papo de Guia, levará os presentes aos Botequins do Rio Antigo no próximo dia 13/07, às 14h. A contribuição é a partir de R$ 10.

O tour se passa pelo centro da cidade, reduto importante dos botequins cariocas. Através da pesquisa para montar o roteiro para o tour, Juliana descobriu que a origens dos botequins foram as “boticas”, que eram as farmácias onde os homens se encontravam. Os primórdios dos botequins também foram quiosques espalhados pela cidade, que vendiam aguardente, cigarro. Ainda existem exemplares no Passeio Público, por exemplo.

Desde seu princípio, os botequins são locais importantes de transformações da cidade. Além de sua característica alegre, como música, comida e bebida; muitas pessoas se reuniam (e ainda se reúnem) para conversar sobre política, economia, filosofia etc. Entre estas, até personalidades importantes na história do país, como Olavo Bilac e Noel Rosa.

“Nos botequins era onde as revoluções culturais aconteciam. Por isso, muitas boticas foram proibidas de funcionarem em determinados horários, pois a Corte temia que revoltosos se reunissem e iniciassem uma revolução contra a corte. Nos botequins também eram criados sambas, obras literárias e partidos, como é o caso do Bar Amarelinho, na Cinelândia, onde foi criado o Partido Comunista”, Exemplifica Juliana.

Além disto, há também histórias curiosas envolvendo os botequins cariocas, como a famosa história dos alunos do Pedro II que invadiram o Bar Luiz, durante a Segunda Guerra, porque ele se chamava Bar Adolf e pensaram que era uma homenagem a Hitler. O bar foi salvo por Ary Barroso que frequentava o local. Outro caso é o do “Zicatola”, restaurante da Dona Zika e do Cartola, que funcionou por apenas dois anos, apesar de ser muito famoso e ter originado o show “Opinião” e “Rosa de Ouro. O motivo dele ter durado tão pouco é que Cartola nunca cobrava dos amigos, e todos eram amigos do Cartola.

O local que ficava o Zicartola será mostrado durante o passeio, que visitará outros locais importantes para a cidade, como o Bar da Brahma, o Bar Monteiro e o centenário Bar Luiz, fundado em 1887. Neste haverá uma parada para os participantes poderem aproveitar uma boa cerveja gelada e a salada de batata, marca registrada do bar.

Os dias atuais exigem que cada um contribua, mesmo com fins lucrativos, com muita dignidade naquilo que faz e respeito ao próximo e humildade, sendo que a Juliana tem todos esses requisitos necessários na atividade de guia de turismo. Além disto, a clientela aumentou após ela iniciar a parceria conosco, muito por causa de seu conhecimento sobre o que a cidade tem a oferecer. – afirma Emerson, gerente do Bar do Luiz. – Finaliza Emerson, gerente do Bar Luiz.

SERVIÇO
Botequins do Antigo Rio
Data: 13 de julho;
Horário: 14h até 16:30h;
Ponto de encontro: Theatro Municipal (Cinelândia);
Término: Samba da Rua do Ouvidor
Valor: Contribuição a partir de R$10. Podendo ser pago no cartão e/ou dinheiro. Acima de R$20 é possível parcelar

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui