Foto: Divulgação

Quem gosta de samba e da cultura do Rio de Janeiro tem dois motivos para comemorar. No dia 2 de dezembro, o famoso Trem do Samba, que não acontece desde 2018, voltará a acontecer. No mesmo mês, a Feira das Yabás também retoma as atividades. As duas criações são de Marquinhos de Oswaldo Cruz.

Esta edição do Trem do Samba vai acontecer só para as Velhas Guardas das escolas. Para evitar aglomeração, uma live será realizada, a exemplo do que aconteceu no ano passado. Já a Feira das Yabás, que reunia os sambistas no segundo domingo de todo mês, após dois anos, voltará a ser realizada.

Marquinhos de Oswaldo Cruz, que completou 60 anos em 2021, será o homenageado pelo Salgueiro.

O Trem do Samba, idealizado há 26 anos, faz uma celebração que parte da Central do Brasil para o bairro famoso por seus sambas e sambistas: Oswaldo Cruz. A ideia é refazer o trajeto dos grandes nomes do samba que faziam os trens de palcos. Acontece no dia do samba.

A Feira das Yabás representa parte das tradições do Samba, que sempre aconteceu nos quintais, nos terreiros religiosos, ou na casa das tias. A Feira é uma espécie de junção de todos os quintais dos subúrbios e acontece na Praça Paulo da Portela, na Grande Madureira.

3 COMENTÁRIOS

  1. Quero saber quando o Santa Cruz vai voltar a ser direto e ter um intervalo descente ? quando vão melhorar o intervalo do Belford Roxo? Retornar com o Trem até V. Inhomirim?

  2. Parabéns Marquinhos, pelo aniversário e por toda contribuição ao samba!
    Sou de Madureira e vi Marquinhos nascer, rsrs
    Deus abençoe todos nós!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui