Foto: Alexandre Macieira | Riotur

A temida e respeitada “Pedra da Gávea” é das trilhas mais difíceis que temos por aqui! Ela localiza-se na Barra da Tijuca, estendendo-se pelo Joá, Itanhangá e São Conrado. A trilha tem início em um condomínio na Barrinha, na Estrada do Sorimã (anotem aí que o nome é complicado!). Após adentrar os portões do condomínio, bastam alguns minutos de caminhada para se chegar à entrada principal da Pedra da Gávea.

Logo nessa entradinha, há um guarda florestal que anota toooodos os seus dados! Tipo telefone, nome completo, CPF e RG. Exageros à parte, acho isso daí meio amedrontador. Os dados são necessários porque se alguém se perder na trilha (tipo lost), eles precisam acionar bombeiros para a busca. Medrosinha que sou, já travo na entrada. Deus me livre ser a pessoa responsável por acionar o corpo de bombeiros do Rio! Mas enfim: A trilha não é das mais tranquilas. O tempo de subida varia de 2 a 4 horas. Dependendo do preparo físico do cidadão.

E cara, agora eu queria fazer uma intervenção no estilo mãe: RESPEITEM o corpo de vocês. Respeitem o limite de vocês. Não vai ousar a fazer a trilha só porque “todo mundo faz”. Você não é todo mundo (minha mãe vibra de orgulho nesse momento!). Vá acompanhado ao menos de uma pessoa mais experiente. Vá em grupo. Não é maneiro ir sozinho! Tô “tocando o terror” porque me acho no dever de ser responsável e informar riscos.

Na realidade, a parte mais tensa do trajeto é a tal da Carrasqueira. A Carrasqueira separa meninos de homens. Ou meninas de mulheres. E acho que continuo menina, por esse critério. Nessa parte, muita gente trava. E é nessa parte que ocorrem a maior parte dos acidentes. Por isso, cuidado REDOBRADO. De resto, é MUITA água, banana, sanduba e disposição.

Se tiver um preparo físico bacana e uma turma animada, vá. Se tiver preparo físico mediano e uma turma sedentária à tiracolo: Não vá.

2 COMENTÁRIOS

  1. O grande problema da trilha da Pedra da Gávea é que muita gente sem experiência em montanhismo acha que está pronta para desafiá-la, mas se tiver um mínimo de prática vai superar este trecho de escalaminhada sem maiores problemas, porque há muitos pontos para você apoiar suas mãos e pés. Com calma e sem afobação dá pra vencer este trecho tão temido sem grandes sustos.

  2. Kkkk gostei da sinceridade!!
    Atualmente parece q é vergonha não estar em forma!!
    Justo numa geração onde se vê tantos obesos!!Vê lá se na década de 60/70,jovens eram obesos assim?Nunca!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui