Tropa de Elite 2 Ontem assisti Tropa de Elite 2 e além de um filme de ação, com aquelas frases que só podem ser ditas pelo Capitão/Coronel Nascimento, era também uma bom drama político e com um pé firme, infelizmente, na realidade de nosso estado.

 

A situação que ele pinta tanto as eleições do Rio de Janeiro, como a ALERJ e o Palácio da Guanabara estão bem próximos de nosso dia a dia. Não é preciso muito esforço mental para identificar quais são os políticos retratados, ou quais foram fundidos para que eles surgissem.

Muita gente no cinema aplaudiu, falou que a situação é essa. Mas se fôssemos perguntar em quem votou na semana passada, bem, pelo resultado das eleições… Fico pensando se Tropa de Elite 2 tivesse estreado duas semanas atrás, será que alguém mudaria o voto?

 

E a crítica do filme não se resume aos políticos ou à política. Destaca o papel que falta a imprensa na nossa cidade, que muitas vezes é submissa demais ao Poder Executivo e, especialmente, de suas verbas de publicidade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui