Foto: Reprodução

Enquanto diversos municípios realizam as diplomações de seus prefeitos efeitos, os eleitores de Petrópolis podem precisar ir às urnas novamente. Isto porque, nesta sexta-feira (18/12), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o recurso do candidato mais votado, Rubens Bomtempo, para ser diplomado nesta sexta, data limite para a cerimônia.

A decisão foi do ministro Sérgio Silveira Banhos, do TSE. Ele afirma que a decisão do TRE-RJ que impugnou o registro da candidatura de Bomtempo está alinhada com a jurisprudência do TSE. Entretanto, o recurso apresentado à corte para reverter sua inelegibilidade ainda não foi julgado pelo pleno, portanto, ele ainda tem chances de assumir o cargo.

Caso a decisão final do TSE seja por negar o registro, o município será comandado temporariamente pelo presidente da Câmara, enquanto novas eleições são convocadas.

Rubens Bomtempo teve a candidatura indeferida porque foi condenado por improbidade administrativa, por fatos ocorridos à época em que fora prefeito, com pena de suspensão dos direitos políticos por 8 anos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui