Quando o ator, diretor e roteirista Danny McBride se mudou pra Charleston, uma cidade portuária da Carolina do Sul, ele rapidamente notou a enorme quantidade de igrejas que existe no lugar. E foi aí que ele teve a inspiração pra criar a série “The Righteous Gemstones”.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

A série sobre uma família de televangelistas mundialmente famosa por trabalhos de caridade, mas que, apesar de trazer o adjetivo “virtuosos”, righteous, no título, eles têm uma tradição de desvios e ganância, tudo em nome de Deus.

Danny McBride é Jesse, o primogênito dos Gemstones. O caçula, Kelvin, é vivido por Adam Devine. John Goodman faz o patriarca Eli. Os três voltam de uma desastrosa maratona de batismos na China e não encontram um cenário melhor quando chegam em casa. Edi Patterson interpreta a filha de Eli, Judy, que, por ser mulher nesse meio machista, não sai nas turnês de evangelização dos Gemstones. Então, com razão, ela é um pote até aqui de mágoa.

Mas a Judy é muito mais ajuizada que o Jesse e o Kelvin combinados, porque os dois vivem às turras. E Jesse recebe um vídeo de chantagistas com imagens comprometedoras, que podem manchar sua reputação e prejudicar a imagem dos Gemstones como um todo. Ainda mais quando Eli pretende expandir o império Gemstones, englobando outras congregações, pra fazer jus ao legado de sua falecida esposa Aimee-Leigh.

Enfim, não há nada mais divertidamente profano que The Righteous Gemstones. Mas o Danny McBride já declarou que não tinha nenhuma intenção de criticar religiões com essa série. A ideia dele era ridicularizar a hipocrisia.

Afinal de contas, McBride cresceu indo à igreja e viu nessa série uma chance de seguir um caminho diferente do que Hollywood tem trilhado ao fazer comédias sobre crenças religiosas. Ele quer fazer rir dos exageros das pessoas e não da fé em si.

Danny McBride também assina a produção executiva da série junto com Jody Hill e David Gordon Green, com quem escreveu o roteiro do remake de Halloween. Quer dizer, eles entendem tanto de assuntos sublimes quanto de tretas infernais.

E o Danny falou que sempre quis fazer uma comédia de situações sobre família. Bom, ele conseguiu realizar seu sonho com a demolidora The Righteous Gemstones. Confira o trailer e, por favor, não pratique o que eles pregam. Ah! Mais uma dica. Você pode assistir a série inteira no Now da Net Claro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui