Há meses, moradores do Rio das Pedras encontram problemas para pedir carros de aplicativos de transporte para sair de lá rumo a qualquer destino. Alguns motoristas da Uber, por exemplo, alegam ser área de risco. Recentemente, um app local, chamado “RP Driver”, foi criado para que veículos saiam com passageiros da comunidade. Todavia, o que parecia solução virou problema: existe a suspeita, sendo investigada, de que a milícia está por trás desta ação. E, recentemente, trabalhadores das maiores empresas do ramo, que entram na região, relatam certa hostilidade por parte de possíveis milicianos.

“A gente só consegue chegar com carro de aplicativo até as redondezas, no máximo até às entrada da comunidade. Para sair de casa pedindo um veículo é muito difícil. Os motoristas evitam entrar, por medo”, conta uma moradora do Rio das Pedras, que preferiu não se identificar.

Policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) estão investigando um aplicativo de transporte criado há cerca de um mês, inicialmente para atender exclusivamente moradores de Rio das Pedras. Na última atualização, o serviço batizado pelo nome de “RP Driver” já tinha cerca de mil usuários inscritos.

“Para aumentar a segurança de motoristas parceiros e usuários, nosso aplicativo pode impedir solicitações de viagens de áreas com desafios de segurança pública em alguns dias e horários específicos. A empresa tem tem adotado no Brasil uma nova tecnologia para identificar riscos com base na análise, em tempo real, dos dados das milhões de viagens realizadas diariamente por meio do aplicativo. A ferramenta, que usa algoritmos que apreendem de forma automatizada a partir dos dados, bloqueia as viagens consideradas potencialmente mais arriscadas, a menos que o usuário forneça detalhes adicionais de identificação”, informa a Uber, em nota.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, expectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Motoristas informam que quando estão trabalhando pela 99, eles recebem chamados para buscar passageiros dentro do Rio das Pedras. Contudo, de fato, a Uber não funciona bem dentro da comunidade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui