Obras da UERJ

No ano em que completa 70 anos, a UERJ está recebendo as maiores obras da história. O campus Maracanã, localizado no bairro de mesmo nome na capital, é o maior e principal entre os 10 campi e concentra as maiores intervenções – além da modernização de todos os 12 elevadores, a reforma abrange também a recuperação da rede contra incêndio, as partes estruturais e hidráulicas e ainda, a fachada, passarelas, caixas d´água e acessibilidade. O investimento do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, é de R$ 80 milhões.

O secretário da pasta de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, relembra a difícil trajetória da instituição nos últimos anos.

A Uerj passou pela pior crise da história. Servidores e terceirizados ficaram sem receber meses, o que culminou na falta de serviços básicos como limpeza, manutenção e segurança. É com muita alegria que estamos conseguindo mudar esse cenário e, por meio dessas mudanças, reiteramos o nosso compromisso de devolver à toda comunidade acadêmica, além dos servidores, uma universidade modernizada e que faz jus ao respeitoso patamar de uma das melhores do país. Não havia melhor forma do que essa para celebrarmos estes 70 anos de história – finalizou o secretário.

Segundo a prefeitura dos campi, grande parte das edificações da Uerj foram construídas nas décadas de 40 e 70 e, ao longo do tempo, só receberam pequenas obras, algumas apenas de cunho emergencial. As intervenções, que começaram em 2019, têm previsão de conclusão até o fim do segundo semestre deste ano.

De toda obra, destaco duas importantes que estavam para serem feitas desde 2010: a modernização dos elevadores, que vai melhorar o fluxo de entrada e saída da comunidade acadêmica, principalmente nos horários de maior movimento de alunos e professores. A outra é a reforma hidráulica, que possibilita a reabertura dos banheiros em alguns andares, pois a água, a partir de agora, chegará às instalações. Este será um grande legado para as próximas gerações que frequentarão a Uerj – afirmou o prefeito Geraldo Luiz Cerqueira, que também apontou como destaque a impermeabilização da cobertura e a recuperação da fachada do Teatro Odylo Costa, filho, o terceiro maior do estado, e ainda, a adequação de espaços comuns para pessoas portadoras de mobilidade reduzida.

Reformas em outros campi e no hospital universitário

A Uerj está presente em outras localidades fluminenses – são sete campi distribuídos pelos municípios de São Gonçalo, Resende, Nova Friburgo, Duque de Caxias, Petrópolis, Teresópolis e Angra dos Reis (Ilha Grande). Todos eles também estão passando por reformas. Na capital, além do campus Maracanã, há outras seis unidades externas, entre elas o Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (Cap-Uerj) e o Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE).

Em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, está sendo construído um Centro de Referência de Transplantes no HUPE. Orçadas em, aproximadamente, R$ 17,3 milhões, as obras já estão andamento e têm previsão de conclusão para 2021.

– O Centro de Referência em Transplantes vai ajudar muito a estrutura de saúde do estado, pois possibilitará uma expansão no atendimento à população. Além disso, os alunos da Uerj poderão se especializar na nova unidade, ampliando o intercâmbio entre as partes acadêmicas e profissionais – falou o prefeito.

Centro de Tecnologia

O Estado tem planos de revitalizar a unidade da Uerj em São Cristóvão, que atualmente abriga a Faculdade de Engenharia. A obra no prédio, que tem 18 andares, mas só cinco estão ocupados, já teve início com a licitação para a modernização dos elevadores e a reforma da fachada. O investimento de R$ 100 milhões é da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) R$ 100 milhões, que transformará o espaço em um centro de pesquisa tecnológica e polo de start-ups.

4 COMENTÁRIOS

  1. A Uerj como toda universidade pública brasileira sempre esteve em crise. Mas a Uerj foi para o buraco no ano de 1999. Ela nunca mais saiu deste buraco. São 21 anos que ela está no buraco.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui