Foto: Reprodução

No último dia 10 de dezembro de 2020, o Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) aprovou, em sessão especial, a criação do Instituto de Computação (IC). A nova estrutura resultará da transformação do Departamento de Ciência da Computação (DCC) em um Instituto Acadêmico do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN). O IC será responsável pelos cursos de bacharelado em Ciências da Computação (BCC), pós-graduação em Informática (PPGI) e pela habilitação de Analista de Sistemas do curso de bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra (BCMT).

Um dos objetivos da criação do novo instituto é fortalecer a qualidade do ensino, pesquisa e extensão da área de computação da UFRJ. Está prevista a criação de novos cursos de graduação, como Sistemas de Informação e licenciatura em Computação, aliada ao aumento da oferta do número de vagas. Outra missão do IC será a formação e qualificação de alunos e pesquisadores originários de outras instituições de ensino e a ampliação de convênios e parcerias de cooperação científica nacional e internacional.

”Este é um grande ganho para a comunidade da UFRJ, que terá uma unidade plenamente dedicada ao fortalecimento da área e aberta à parceria com as demais unidades e programas de pós-graduação que atuam nesta área do conhecimento”, diz Gabriel Silva, chefe do Departamento de Computação (DCC) do Instituto de Matemática da UFRJ.

Após a reunião do Consuni que aprovou a criação do IC, a Reitoria da UFRJ se manifestou por meio do vice-reitor, Carlos Frederico Rocha: ”O Instituto de Computação permitirá que profissionais da área da informática possam ter maior espaço e independência para realização de atividades didáticas, de pesquisa e extensão. A criação do Instituto de Computação visa dar lugar a uma nova era, aliando-se a outras áreas da UFRJ ligadas à tecnologia da informação.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui