A última casa na orla do Leblon, na verdade duas, já que são geminadas, foram vendidas e irão virar um prédio com 4 apartamentos de luxo e uma cobertura duplex com mais de 500m². É o que informa Ancelmo Gois/O Globo.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

A construção é simples e não particularmente bela nem grande. Espremidas entre dois prédios, entre as ruas João Lira e José Linhares, as casas brancas e de janelas marrons formam um conjunto só, à primeira vista, embora tenham duas portas de entrada e duas garagens.

O terreno é de 326 m2, e pertencia a Sandra Villela Polonia, que em 2011 dizia que não venderia a casa por dinheiro nenhum.

A casa foi construída originalmente nos anos 1930 pelo avô de Sandra, um mineiro de Juiz de Fora que comprou o terreno no então areal do Leblon, fez a casa e depois voltou para a terra natal. Foi uma das primeiras casas do bairro.


4 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui